Levantamento: Cartórios têm um dos melhores índices de satisfação entre as instituições do PR

27 de novembro de 2015

Paraná Pesquisas ouviu 1.306 pessoas após o atendimento em ofícios de mais de 30 municípios do estado

Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que os serviços notariais e registrais paranaenses têm um dos melhores índices de satisfação entre as instituições do Paraná, com nota de 8,2, em uma escala que vai de 0 a 10, em avaliação com pessoas que haviam acabado de ser atendidas em um cartório. Os dados mostram que o índice de satisfação com a confiança e a credibilidade dos serviços recebeu a nota 9,1, enquanto que a satisfação com a honestidade e a seriedade dos estabelecimentos ficou com 9,0. Mais de 90% das pessoas disseram também que se sentem seguras em relação às transações efetuadas nos cartórios, e 96,1% afirmaram que os serviços notariais e de registro são importantes para a sociedade.

“O que mais chama atenção são os altos índices de qualidade de atendimento registrados. Isso é reforçado pelo fato de que as pessoas ouvidas pela pesquisa tinham acabado de ser atendidas por um cartório, o que fortalece a conclusão de que os cartórios são hoje a instituição mais bem avaliada perante a população do Paraná”, analisa o diretor do Instituto, Murilo Hidalgo. “Outro ponto importante é a preocupação da instituição em ouvir a população e utilizar os dados coletados como uma forma de nortear a continuidade do desenvolvimento da prestação desses serviços”, conclui Hidalgo.

Para a realização da pesquisa, encomendada pela Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg-PR), foram ouvidos 1.306 cidadãos após o atendimento em um cartório, entre os meses de julho e agosto deste ano, em um planejamento estratificado de acordo com a atribuição do ofício e posição geográfica em 31 municípios, o que permite uma amostra representativa do Estado do Paraná com índice de confiabilidade de 95% e margem de erro de 3 pontos percentuais para resultados gerais. “Acreditamos que os números mostram a determinação dos serviços notariais e de registro paranaenses em prover um serviço de credibilidade à sociedade, o que corresponde ao que os usuários de cartório encontram no dia a dia do atendimento”, afirmou o presidente da Anoreg-PR, Robert Jonczyk.

Novos serviços

Em consequência aos índices de satisfação e confiança registrados, a pesquisa constatou também que a população usuária paranaense acredita que os serviços notariais e registrais poderiam prover uma série de novos serviços. Para os entrevistados, a emissão de passaporte (39,9%), cédula de identidade (36,6%), carteira de trabalho (30,5%), além de outros documentos, poderia ser feita diretamente pelos cartórios extrajudiciais. No mesmo sentido, mais de 70% das pessoas ouvidas pela pesquisa afirmaram que os serviços perderiam qualidade caso sua administração fosse de responsabilidade do Poder Público.

Melhorias

A pesquisa apontou também os pontos que precisam ser melhorados, entre os quais está o desconhecimento de 85,1% da população usuária sobre a possibilidade de que procedimentos de cartórios podem ser realizados pela internet. Isso aponta a necessidade de que os serviços notariais e registrais paranaenses evoluam também no âmbito digital. “A informatização dos cartórios extrajudiciais é uma realidade e um objetivo buscado pela Anoreg-PR. No entanto, dependemos da superação de alguns limitadores, uma vez que qualquer inovação de nosso trabalho depende da regulamentação pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR)”, analisou Jonczyk.

Outra questão levantada pela pesquisa é a de que 55,9% das pessoas disseram não saber qual o percentual de pagamentos de taxas e impostos que são devidas no valor pago aos cartórios, mas que cuja arrecadação é destinada exclusivamente para outras instituições públicas (como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis – ITBI – e o Fundo de Reequipamento do Poder Judiciário – Funrejus), ainda que muitas vezes isso represente parte significativa da quantia final.

Boletim informativo Sinoreg-PR n. 10

Leia mais:

> Em breve: Registradores de imóveis do Paraná aguardam Provimento para ofertar serviço eletrônico à população
Ofícios esperam providências da Corregedoria Estadual para disponibilizar registro eletrônico aos usuários em todo Estado. No momento, algumas modalidades de atendimento online já estão em funcionamento

> Evento: Gestão de processos e pessoas traz eficiência no atendimento ao público dos cartórios
Usuários procuram serviço cada vez mais ágil e ofícios se profissionalizam para atender demanda. Assunto foi tema do XVII Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro