Registro de imóveis: Com provimento em vigor, cartórios disponibilizam serviços de registro eletrônico de imóveis no PR

24 de outubro de 2016

Regulamentação do sistema entrou em vigência no início do mês e registradores se reuniram para debater funcionamento

Os cartórios de registro de imóveis do Estado do Paraná estão finalizando a etapa de adequação para o atendimento aos usuários da Administração Pública , Poder Judiciário e aos cidadãos por meio do sistema de registro eletrônico de imóveis. Após organizar encontros com os registradores na Região de Maringá, o Colégio de Registro de Imóveis do Paraná (CRI-PR) reuniu na capital paranaense os representantes dos cartórios locais para concluir a fase de implantação. Em vigor desde o dia 3 de outubro, o provimento número 262 da Corregedoria de Justiça do Paraná, regulamenta o serviço que facilitará a disponibilização do indicador pessoal e a digitalização das matrículas dos imóveis.

O debate teve uma abordagem técnica e explicativa sobre o sistema, com objetivo de esclarecer as exigências necessárias para a integração entre os cartórios do Estado, e posteriormente com o portal nacional BR Registradores. Como usuários das ferramentas registrais, alguns tabeliães prestigiaram o evento, pois poderam encaminhar as informações dos títulos digitalmente para a central, que disponibilizará aos ofícios de registro de imóveis. “É uma economia de tempo e dinheiro, representando um avanço enorme na atividade registral e notarial. Dessa forma o acesso às certidões será imensamente agilizado”, destaca o presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Paraná (CNB-PR), Ângelo Volpi Neto.

A participação dos tabeliães é destacada pelo coordenador de informatização do CRI-PR, João Carlos Kloster, como essencial para o desenvolvimento do sistema eletrônico por conta da integração entre as atividades. “Estamos muito satisfeitos com todo o processo de implantação realizado no Estado, pois os registradores foram receptivos à necessidade de adequarem-se ao provimento. E a sintonia com os notários é imprescindível para o bom funcionamento da central”, destaca. Participaram do debate em Curitiba mais de 60 pessoas, entre registradores e funcionários, que representam mais de 30% dos cartórios de registro de imóveis paranaenses.

Boletim informativo Sinoreg-PR n. 21

Leia mais:

Confira o vigésimo primeiro número do Boletim informativo do Sinoreg-PR:

> Balanço: Em dois meses, cartórios de Curitiba já realizaram mais de 35 mil apostilamentos
Ofícios realizam o novo serviço desde agosto e a demanda segue constante para validação de documentos para uso internacional

> Extrajudicialização: Cartórios auxiliam na desburocratização e atingem 1,4 milhão de atos lavrados
Legislação favoreceu resolução de demandas pelos ofícios extrajudiciais, facilitando acesso da população e agilizando processos

> Evento: Especialistas debatem a nova usucapião extrajudicial durante XLIII Encontro Nacional do IRIB
Painel teve como palestrante o vice-presidente do Instituto para o Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Sócrates Castanheira Sarmento Filho